2º Prêmio
Raymundo
Magliano Filho

Inscrições
de 25/03 à 08/04 de 2024

Cerimônia
Dia 13/06/2024

O Prêmio Raymundo Magliano Filho é uma inciativa do Instituto Norberto Bobbio para homenagear o seu fundador, bem como promover a perpetuação de seu legado e de sua luta para a construção de um Brasil mais justo e democrático.

O 2° Prêmio Raymundo Magliano Filho tem como tema principal o fortalecimento da cidadania financeira – o exercício de direitos e deveres que permite ao cidadão tomar decisões financeiras conscientes e bem informadas.

Modalidades e detalhes do prêmio

Os prêmios por Trabalhos Acadêmicos serão ofertados para 9 finalistas em processo de seleção de caráter competitivo nos níveis Pós- Graduação Lato Sensu e Stricto Sensu que desenvolvam temas relacionados a cidadania financeira, nas seguintes categorias:

  1. Educação Financeira
  2. Proteção do Investidor e Eficiência Regulatória
  3. Inovação e Inclusão Financeira

  • Título de Reconhecimento Acadêmico em Cidadania Financeira, fornecido pelo próprio Instituto Norberto Bobbio;
  • Gratificação em dinheiro para os três primeiros colocados em cada uma das categorias:
  • R$ 3.000,00 (três mil reais) para o primeiro colocado R$ 2.000,00 (dois mil reais) para o segundo colocado
  • R$ 1.000,00 (um mil reais) para o terceiro colocado
  • Auxílio transporte e estadia para a participação da cerimônia de premiação a todos os finalistas que não são da cidade de São Paulo-SP;
  • Ampla divulgação do conteúdo das pesquisas e resultados alcançados;
  • Possibilidade de publicação de artigo resumo ou síntese do trabalho na Revista Bindi .

Serão distribuídos 3 selos de reconhecimento a instituições do terceiro setor, autoridades, personalidades e influencers que tenham desenvolvido iniciativas, projetos, produtos e serviços relacionados à cidadania financeira, de acordo com às seguintes categorias:

  1. Educação Financeira
  2. Proteção do Investidor e Eficiência Regulatória
  3. Inovação e Inclusão Financeira

cronograma do prêmio

>>

Depoimentos

Roney, do Portal Fato ou Fake
"É uma honra ter o trabalho reconhecido pelo Prêmio Raymundo Magliano Filho. Sua história inspiradora emociona e nos estimula a assumir novos desafios. A solenidade do prêmio foi a oportunidade também de encontrar muitos talentos e personalidades brilhantes que se destacam em suas áreas de atuação para tornar o mundo melhor. Muito obrigado pelo prestígio."
Raphael Rossato, do FabLab
“Receber o Selo de Reconhecimento em Inovação em Cidadania do Instituto Norberto Bobbio é uma conquista significativa para a rede Fab Lab Livre SP, da Prefeitura Municipal de São Paulo. Esse reconhecimento confirma que estamos no caminho certo para democratizar o acesso à tecnologia, especialmente para as camadas mais vulneráveis da nossa sociedade.”
Maurício Pestana
Um prêmio que reconheça a diversidade, o investimento em educação, o investimento em saber, é muito importante nos dias de hoje, onde pouco nos aprofundamos nas questões relacionadas ao conhecimento. Gostei muito de ter participado e de ter sido premiado na 1a edição do Prêmio Raymundo Magliano. Com certeza, os futuros premiados sentirão a mesma emoção de estar em um local especial com pessoas especiais.
Clara Velasco, do Portal Fato ou Fake
O reconhecimento através do selo de Inovação e Cidadania é uma honra para toda a equipe do Fato ou Fake. Após uma pandemia marcada por muita desinformação e de eleições cada vez mais polarizadas, a importância dos serviços de verificações fica ainda mais em evidência. É exatamente por entender esta importância que a nossa equipe está sempre atenta para prestar este serviço para a população. É um trabalho longo e constante – mas saber que é reconhecido não apenas pelos nossos leitores e telespectadores, mas também por uma instituição como o Instituto Norberto Bobbio nos dá ainda mais gás para seguir lutando contra a desinformação.
Rosaria Ono
Recebemos com imensa alegria o Prêmio Raymundo Magliano Filho, em reconhecimento ao nosso compromisso com a acessibilidade e inclusão. O Museu do Ipiranga se orgulha de proporcionar uma experiência cultural verdadeiramente inclusiva. Nosso projeto abrangente de acessibilidade foi cuidadosamente planejado para atender a cada visitante, com materiais em Braille, áudio descrições e inúmeros recursos multissensoriais. Agradecemos aos organizadores por valorizarem nossos esforços em tornar a cultura acessível a todos. Estamos determinados a continuar expandindo nossas iniciativas nesse sentido, construindo um futuro de igualdade e conexão com a história e o patrimônio.
Clara Monteiro
Minha experiência com o prêmio RMF foi uma grande surpresa e alegria. Quando meu trabalho foi selecionado, fiquei muito emocionada pelo reconhecimento e ansiosa pela oportunidade de poder viver essa experiência. Além de ter participado de uma cerimônia tão bonita, tive a chance de conhecer diversos projetos e iniciativas muito interessantes e, por isso, só tenho a agradecer.
Sara Regina
"Ser reconhecida como uma das finalistas na 1ª Edição Prêmio RMF deu-me a oportunidade valiosa de compartilhar minha tese com colegas empenhados em práticas e reflexões efetivas a respeito da experiência democrática em nosso país. Ao receber o prêmio, em cerimônia primorosamente organizada, alegrei-me por estar tão bem acompanhada e, ainda, por constatar que as ciências humanas seguem em pé, como ferramenta imprescindível à construção do pensamento crítico e à elaboração das políticas públicas, a despeito dos esforços de silenciamento que enfrentaram, em especial nestes últimos anos".
Vanessa Guimarães
"Uma palavra define o Prêmio RMF: encontro. Vivemos tempos de disseminação de agendas contrárias à vida e de perda da capacidade de sonhar coletivamente. Portanto, a possibilidade do “encontro” nos oferece momentos para ouvir, compartilhar ideias e tecer diálogos sobre o país que desejamos. Sem dúvidas, um país com acesso efetivo aos direitos fundamentais. Conhecer as histórias dos pesquisadores e das instituições inspira a ser ação transformadora na construção de um Brasil menos desigual e mais democrático."
Vanessa Santos do Canto
"Ser agraciada com o 3º lugar na categoria Pós-Graduação Lato Sensu, do Prêmio Raymundo Magliano Filho, foi uma importante conquista na minha trajetória acadêmica. Desejo que outras mulheres negras comprometidas com a luta antirracista e com os valores democráticos possam também ter a oportunidade de participar das próximas edições deste prêmio tão importante e, ainda, raro no Brasil para a divulgação de pesquisas na área jurídica."
Lorena Henriques
"A pesquisa dentro do campo jurídico é desafiadora, e conjugar pensamento social e direito para pensar as possibilidades de cidadania é tarefa de grande responsabilidade. Diante disso, ter tido o meu trabalho selecionado como finalista ao Prêmio Raymundo Magliano Filho, promovido pelo Instituto Norberto Bobbio, foi uma grata surpresa, e o reconhecimento da entidade um incentivo para a continuidade da minha trajetória acadêmica. Agradeço ao INB e à toda equipe da instituição por premiar os trabalhos que transitam na difícil tensão das ciências sociais aplicadas, e que intentam ampliar a participação cidadã e o fortalecimento da democracia, e por oportunizar às pesquisadoras e aos pesquisadores a difusão do trabalho científico com o selo de reconhecimento da entidade."
Anna Carolina Migueis
"Foi uma satisfação e uma honra enorme participar da primeira edição do Prêmio Raymundo Magliano Filho, promovido pelo Instituto Norberto Bobbio. A organização do evento estava impecável. Foi também muito bacana conhecer um pouco mais sobre o trabalho dos demais finalistas e dos projetos de impacto social contemplados pela premiação. Recomendo a todos e todas que participem das próximas edições!"
Previous slide
Next slide

Faça sua inscrição

A premiação seguirá os critérios previamente estabelecidos em edital que primará pela mais ampla e justa participação de todos os interessados.

O edital com as normas de submissão e cronograma completo estará
disponível em breve no site do Instituto Norberto Bobbio.